segunda-feira, 30 de abril de 2018

Opinião: "A Rapariga de Auschwitz" - Eva Schloss

Título: A Rapariga de Auschwitz
Autor: Eva Schloss
Editora: Marcador
ISBN: 9789897543579
Páginas: 284

Sinopse: Milhares de leitores em todo o mundo conhecem a história de Anne Frank, a adolescente cuja vida terminou em Bergen-Belsen durante o Holocausto.
Em A Rapariga de Auschwitz, vão conhecer a sua irmã e companheira de brincadeiras: Eva Schloss. Apesar de, ter sido levada para Auschwitz com apenas quinze anos, a sua história não terminou aí. Ela conseguiu sobreviver.
Este livro incrível é a memória viva dos acontecimentos que marcaram esse período tão dramático da história mundial.


(pode conter spoilers)

Desde sempre que tive uma certa curiosidade e gosto em ler sobre a II Guerra Mundial e todos os temas que lhe estão associados. Claro que o Holocausto sempre foi o tema que mais curiosidade me suscitou e, por isso, não perdi tempo em ler este livro logo quando o recebi cá em casa.

"A Rapariga de Auschwitz" conta a história verídica de Eva Schloss. A eterna amiga de Anne Frank conta-nos, neste livro, os momentos pelos quais passou no campo de concentração mais conhecido e de como foi a sua vida após se ter visto livre daquele lugar. Contudo, tal como Eva nos conta, ela nunca se viu completamente livre. Ainda há momentos em que a revolta, a tristeza, a ansiedade e todos os outros sentimentos voltam para a atormentar. Mas aprendeu a viver com os mesmos.

Desde os pesadelos do campo de concentração até ao momento em que casou e tee filhos, Eva vai-nos contando aos poucos como viveu depois da "prisão". Como foi aprendendo a lidar com as suas emoções e a ver a vida de uma outra perspetiva.

Para além de um livro que nos conta um pouco da história do Holocausto, este é também um livro de reflexão. Sobre a vida, as relações e a forma como damos valor a todas as coisas que nos rodeiam. 

 

1 comentário:

  1. Super curiosa para ler este livro que está ali à minha espera na estante!
    Não conhecia o teu blog, mas adorei! Segui!
    Um beijinho!
    Banal Girl
    www-the-banal-girl.blogspot.com

    ResponderEliminar