quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Opinião: "Turtles All The Way Down" - John Green

Título: Turtles All The Way Down
Autor: John Green
Editora: Dutton Books for Young Readers
ISBN: 9780525555360
Páginas: 288

Sinopse: Sixteen-year-old Aza never intended to pursue the mystery of fugitive billionaire Russell Pickett, but there’s a hundred-thousand-dollar reward at stake and her Best and Most Fearless Friend, Daisy, is eager to investigate. So together, they navigate the short distance and broad divides that separate them from Russell Pickett’s son, Davis.
Aza is trying. She is trying to be a good daughter, a good friend, a good student, and maybe even a good detective, while also living within the ever-tightening spiral of her own thoughts.
In his long-awaited return, John Green, the acclaimed, award-winning author of Looking for Alaska and The Fault in Our Stars, shares Aza’s story with shattering, unflinching clarity in this brilliant novel of love, resilience, and the power of lifelong friendship.

 (pode conter spoilers)

Desde que este livro foi lançado, que andava com uma curiosidade imensa de o ler! E assim que o tive nas mãos, não consegui deixá-lo de lado! John Green sempre foi um dos meus autores favoritos! E com este livro, só veio solidificar mais a ideia!

Desde o início da história, o autor dá-nos a conhecer a história de Aza. Uma jovem rapariga que vive "atormentada" pelos seus próprios pensamentos. Apesar das tentativas constantes de Aza de os fazer desaparecer, acabamos por perceber que é algo do qual nunca conseguimos fugir.

Mas Daisy, a melhor amiga de Aza, nunca desistiu de a tentar ajudar a esquecer todos aqueles pensamentos mais escuros. E, para isso, nada melhor do que se aventurarem a desvendar o desaparecimento de um bilionário da zona até porque há uma recompensa que Daisy não quer deixar fugir!

Enquanto procuram por alguma pista que possa dar uma ajuda na resolução do mistério do desaparecimento do bilionário, Aza reencontra-se com um antigo colega de escola e amigo, Davis. Imediatamente, Aza sente que toda aquela investigação com Daisy está a ser demasiado incomodativa para Davis e acaba por se sentir dividida.

Tanto Davis como Aza acabam por reerguer a amizade que tinham há uns anos e, quem sabe algo mais! Davis sempre se demonstrou aberto e paciente perante todas as dúvidas e dificuldades de Aza, mas será que Aza é capaz de, também ela, fazer um esforço para melhorar?

Para além disso, será que a investigação levada a cabo por Daisy e Aza chegará a alguma conclusão? Ou será um beco sem saída como estava destinado desde o início?

Adorei este livro, do início ao fim! Talvez por o facto do tema da saúde mental ter um significado maior para mim enquanto profissional de saúde que sou! Mas, para além, disso gostei do facto de o autor ter tocado em outros temas sensíveis à sociedade e que são considerados tabus em pleno século XXI.

Mais uma vez, John Green não voltou a despontar com um livro fantástico! A única razão pela qual não dei 5 estrelas, prende-se pelo facto de o final não ter sido exatamente aquele que estava à espera, o que me deixou um pouco "desapontada".

4,5*

2 comentários:

  1. Olá!
    John Green é um autor que me tem, ultimamente, surpreendido. Este é um que ainda não li mas que quero muito. Vamos ver se 2018 é o ano!
    Quanto ao teu comentário sobre o final, acho que já é típico do autor, nunca sabemos o que está por vir...
    Boas leituras.
    - Mad (https://presa-nas-palavras.blogspot.pt/)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade! John Green sabe mesmo como deixar o leitor a saltar do sofá com estes finais!
      Beijinho!

      Eliminar