segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Lançamentos Topseller

Três anos após a tomada da Bastilha, as ruas de Paris fervilham com os ideais de liberdade, igualdade e fraternidade. Para assegurar os direitos recém-conquistados, o governo revolucionário empreende uma perseguição a todos os inimigos da Revolução, entre os quais se incluem os membros da aristocracia.
Estes são acusados de traição e condenados à guilhotina. Vive-se, assim, o Período do Terror da Revolução Francesa.
Movido por um sentido de dever para com a República, Jean-Luc St. Clair, um jovem advogado idealista, muda-se para Paris com a família. Aí, o seu caminho cruza-se com o de André Valière, um nobre que abdicou do seu título e se alistou no exército para evitar a execução, e o de Sophie de Vincennes, uma bela e jovem viúva aristocrática que embarca numa luta pela sua independência.
À medida que a busca incessante por justiça alimenta a sede de sangue nas ruas, Jean-Luc, André e Sophie são forçados a questionar as decisões de quem detém o poder. Conseguirão eles fazer vingar os ideais da Revolução em que tanto acreditam?


A sonhadora Daisy Delaney é especialista em lingerie e tem um dom para a doçaria, mas não percebe como acabou por ficar sozinha e completamente falida. Farta da sua vida desinteressante, decide procurar a sua verdadeira vocação.
Michel Amiel é um chef francês tão genial quanto arrogante. Conheceu a fama cedo, mas com os escândalos em que se mete, a sua carreira já viu melhores dias. Principalmente agora, que as vendas dos seus livros estão a cair a pique com a chegada de uma tal Lucy Lovecake e do seu Fantasias Francesas — um livro que envolve não só receitas, mas também dicas amorosas e sugestões de lingerie para apimentar a relação.
A forte ligação que Michel e Daisy têm com a cozinha leva a que os seus caminhos se cruzem. E embora saiba que Michel a tira do sério, Daisy admite que o charme dele é como a sua comida: impossível de resistir!
Mas quanto mais Daisy se envolve na vida do chef francês, mais difícil será admitir-lhe a verdade. Sim, porque Daisy é também Lucy Lovecake!
E assim, estão reunidos todos os ingredientes para o desastre!


Após as Guerras Liberais que assolaram Portugal durante o século XIX, as decisões do governo de Costa Cabral não são bem recebidas. Os impostos aumentam, as liberdades do povo são atacadas e a Igreja é o próximo alvo. Atenta aos gritos de revolta do seu povo, que também são os seus, e às ideias miguelistas dos seus senhores, está a jovem Maria Angelina.
Despedida por se ter deixado apaixonar, Maria regressa à sua aldeia da freguesia de Fontarcada, na Póvoa de Lanhoso, jurando viver por si, sem ninguém a cortar-lhe as asas. Os ideais, no entanto, não desaparecem, e, quando o governo proíbe o povo de enterrar os mortos nas igrejas, Maria decide tomar medidas.
Lideradas por ela e munidas das armas possíveis, como as ferramentas de trabalhar a terra, as mulheres do Minho fazem justiça pelas próprias mãos. Maria de Fontarcada torna-se Maria da Fonte e ganha os contornos de uma líder popular. Conforme a revolta vai grassando pelo país, forçando o governo a ser demitido e o exército a entrar em cena, Maria da Fonte transforma-se num mito, surpreendendo até aqueles que com ela privavam.



Imagine, caro leitor, a oficina de um relojoeiro.
Imagine ainda que esta história se passa num mundo banal e que o relojoeiro é, também ele, um homem normal? com um talento extraordinário.
Até ao dia em que alguém entra na oficina com o mais invulgar dos pedidos: uma máquina para converter a maldade do mundo em energia.
Quem (pergunta-se o leitor) quererá esta bizarra extravagância? Ora, ninguém mais do que o próprio Diabo? Que, como se sabe, tem formas muito persuasivas de obter o que deseja.
Passaram-se séculos, e o Diabo e a sua máquina estão a ter problemas. É então que, acidentalmente (embora se suspeite de uma certa influência maligna), a pequena e ingénua Hannah Green é arrastada para uma tenebrosa aventura maquinada pelo Diabo.




Serão todas as profecias verdadeiras?
Durante uma escavação arqueológica realizada no centro de Roma, é encontrada uma antiga tábua de argila com sete profecias inscritas em acádio, uma língua há muito extinta. A primeira profecia previa que aquele que encontrasse a tábua morreria de forma funesta e célere. E assim acontece. Quando, uma a uma, as profecias se vão realizando, o pânico e o caos instalam-se na cidade.
O relógio não para.
Numa corrida contra o tempo, em que cada segredo esconde uma mentira, e em que estranhos versos de uma tábua antiga parecem conter as respostas, cabe a Angelina Calla, especialista em acádio, e a Ben Vordyx, dos Arquivos Secretos do Vaticano, descobrir o que está por detrás desta maldição.
Será tudo isto real? 



Será a vida capaz de extinguir a mais luminosa das paixões? 
Chris e Sara já se conhecem. Já passaram por muita coisa juntos. A sua relação já teve tantos altos e baixos que quase foi destruída, mas encontraram sempre maneira de acabar nos braços um do outro. 
Ainda assim, há muitos segredos no passado de Chris que estão por revelar. Qual será o significado da sua tatuagem? Porque é que Chris fala com tanta melancolia da pessoa que a fez?
Determinada a finalmente entender até os lados mais negros da personalidade do homem que ama, Sara decide apanhar o avião com ele para Paris. Deixa para trás toda a sua vida, tudo o que ainda era unicamente seu, e prepara-se para construir algo partilhado. Mas será que Chris está a ser inteiramente sincero?
Quanto mais Sara descobre sobre Chris, mais se apercebe do que ele ainda esconde.
Sensual, intenso e de leitura viciante, este novo livro de Lisa Renee Jones apresenta-nos uma história de amor tão delicada quanto escaldante, que irá fazer as delícias das fãs de J. Kenner, Maya Banks, Sylvia Day e EL James.

Disponíveis a 13/11!

Sem comentários:

Enviar um comentário