sábado, 4 de fevereiro de 2017

Opinião: "A Linguagem Secreta das Mulheres" - Martin Davies

Título: A Linguagem Secreta das Mulheres
Autor: Marting Davies
Editora: Verso da História
ISBN: 9789896


Sinopse: Uma jovem asiática deixa a sua terra natal, por ordem da corte do Imperador, para casar com um homem que não conhece. No outro lado do mundo, um famoso sábio parte em busca das criaturas misteriosas que só conhece das lendas de terras distantes no Oriente. Leva consigo Venn, um intérprete conhecido pela sua facilidade no domínio das línguas e pelo seu carácter misterioso. O que todos têm em comun é a viagem em direcção ao desconhecido. E é o destino que vai fazer com que os caminhos se cruzem.


(pode conter spoilers)

"É fácil perder um filho num mundo tão vasto". Esta é a primeira frase do livro, algo que nos faz pensar que de facto há situações na vida que são delicadas e frágeis. Esta frase é dita por um senhor já de alguma idade que espera pelo seu filho - Benedict - há já alguns anos. Apesar de perguntar por ele a todos os mercadores que passam por ele e mesmo assim não obter qualquer resposta, este não desiste de o esperar. E ao longo da história, o autor transporta-nos para vários momentos da vida deste homem que não desiste de descobrir alguma informação sobre Benedict. Apesar de as notícias de Benedict serem escassas, ou até mesmo inexistentes, este não está sozinho. Benedict está em viagem com Antioch em direção a Lin'an que nos revelará vários segredos até então escondidos!

Martin Davies escreve de uma forma de facto bastante cativante! A forma como este descreve a cidade de Lin'an é avassaladora! Quase a transmite como sendo uma cidade de um mundo cheio de fantasia e brilho!

A narrativa tem lugar no século XIII, em tempo medievais, onde as mulheres tinham os seus segredos e as suas próprias formas de comunicarem, o que deixava os homens sem saber o que fazer ou dizer! E é neste sentido que o título do livro se encaixa! A existência de uma linguagem, de uma forma de comunicarem que lhes era tão pessoal e característico. Mas, infelizmente, é uma forma de comunicar que acabou por se perder e que dificilmente se irá recuperar!

Apesar de grande parte da história de focar na viagem de Benedict e Antioch, as passagens sobre o pais de Benedict elevaram-na! Para além disso, este livro é muito mais do que viagens. É uma narrativa sobre amor, gratidão, coragem, amizade e muito mais! Uma obra recheada de lições de vida!



Leitura com o apoio da editora Verso da História

2 comentários:

  1. Muito interessante! Adoro a primeira frase do livro <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deixa-nos a pensar um bocadinho, é verdade :) Acho que todo o livro nos incita ao pensamento da vida e das nossas ações.

      Eliminar