quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Opinião: "A Retirada: A Primeira Derrota de Hitler" - Michael Jones


Título: A Retirada: A Primeira Derrota de Hitler
Autor: Michael Jones
Editora: Editorial Bizâncio
ISBN: 9789725305751
Páginas: 384

Sinopse: A batalha de Moscovo foi o inferno na terra, terrível e sangrenta para invasores e defensores. Michael Jones reuniu, uma vez mais, testemunhos de civis e militares veteranos para nos trazer este quadro realista e impressionante. A Retirada é a história intensa e dramática do princípio do fim da Segunda Guerra Mundial, quando os exércitos de Hitler – em confrontos selvagens durante o inverno – sofreram a sua primeira derrota na Frente Oriental. 



Opinião (pode conter spoilers):
Desde sempre gostei de ler obras relacionadas com a segunda guerra mundial. Tanto por ser um tema que manter um destaque a nível mundial, como devido à importância dos acontecimentos ocorridos durante essa época. E sabendo que o início de tudo se deveu às ações de um único homem, dá muito que pensar.

"A Retirada" é uma das diversas obras de Michael Jones que tem como tema esta grande guerra. Mas, mais concretamente, este livro trata da ofensiva alemã perante Moscovo que tomou lugar em 1941, da Operação Tufão e da ofensiva contra-atacante Soviética. Todos estes diferentes acontecimentos levaram, cada uma à sua maneira, à primeira derrota de Hitler. O desenrolar da mesma foi sendo contada com recurso a diversas passagens, por exemplo, de diários de soldados, tanto alemães como russos, e de civis russos que viveram na pele todas as consequências desta batalha.

Para quem é entusiasta deste tema, este livro tornou-se uma leitura bastante fluída e inquietante. O autor teve o cuidados de incluir termos ou vocabulário demasiado técnico. Optou sim por uma linguagem mais histórica e cativante para o leitor. O que foi uma mais valia, porque normalmente estes livros tendem a tornar-se chatos e maçadores! Existe ainda algumas passagens da obra que podem ser consideradas um pouco gráficas demais. Mas, a meu ver, isso só tornou o livro e a história mais real para quem o está a ler!

Gostei bastante da pequena surpresa que o livro inclui! Algumas imagens verídicas a preto e branco tiradas pelos soldados que retratam objetivamente os aspetos mais inquietantes desta história. Por falar em inquietante, devo dizer que para mim foi extremamente difícil imaginar que todos aqueles soldados tiveram de lutar contra temperaturas negativas, tendo mesmo alguns deles morrido em consequência disso mesmo!

Este livro foi uma verdadeira aventura! Apesar de a história ter um lado negro e bruto, acho que mostra a realidade daquilo que realmente se passou! E as passagens retiradas dos diários encontrados mostraram isso mesmo!

Rating: 4/5

Leitura com o apoio da Editorial Bizâncio

Sem comentários:

Enviar um comentário