terça-feira, 18 de outubro de 2016

Opinião: "Casamento de Conveniência" - Jennifer Probst

Título: Casamento de Conveniência
(Marriage to a Billionaire #1)
Autor: Jennifer Probst 
Editora: Quinta Essência
ISBN: 9789897413551
Páginas: 240
Sinopse: Ele tem de casar para assumir a direção da empresa, ela precisa de dinheiro para salvar a casa. Assim, fazem um acordo com um desenlace inesperado. O bilionário Nick Ryan não acredita no casamento e considera que o amor eterno é coisa de contos de fadas. As suas ações sempre se regeram pela lógica e pela razão. Como agora precisa de se casar para adquirir o controlo da sua empresa, estabelece um pacto com regras básicas: não se apaixonar, evitar qualquer envolvimento emocional e manter uma relação puramente formal. Alexa, a melhor amiga da sua irmã, é o tipo de rapariga impulsiva e idealista capaz de lançar um feitiço para conseguir um homem. Mas também faria tudo pelos pais e agora eles precisam de dinheiro para pagar a hipoteca da casa da família. Assim, ambos chegam a acordo. Não deve ser assim tão difícil cumprir os requisitos de um casamento de conveniência que só tem de durar um ano, certo? Mas uma série de mal-entendidos, o aparecimento de coisas do passado, o destino e paixão vão intervir para desbaratar os planos de Nick e Alexa.

Opinião (pode conter spoilers):
Nem acredito que li este livro em pouco mais de 3 horas. Três horas! O que é isto?! Fiquei completamente agarrada às suas páginas assim que lhe peguei! Para além de ser uma história diferente em termos de enredo, as personagens são de tal forma cativantes que esta leitura foi uma aventura!

Nick Ryan é um jovem arquiteto em ascensão. Mas, o seu tio Earl deixou-lhe um ultimato antes de morrer: para ficar com as suas ações da empresa teria de casar com uma mulher. Nick teria dificuldade em cumprir este requesito, pois acreditava que o casamento só lhe traria problemas no futuro. Por outro lado, temos Alexa: uma jovem que trabalha numa livraria e que precisa de arranjar um certo montante de dinheiro para ajudar os seus pais a pagarem a hipoteca da casa.

Assim, por intermédio de Maggie - irmã de Nick e melhor amiga de Alexa - ambos decidem encontrar-se. Nick e Alexa não são desconhecidos, já se conhecem desde muito jovens. Mas Nick era o típico rapaz que apenas gozava com Alexa por razões banais. Apesar de a jovem sempre ter gostado dele, nunca demonstrou os seus sentimentos, maioritariamente devido às atitudes pouco dignas de Nick. Contudo, devido às situações em que ambos se encontravam, decidiram dar o nó por pura conveniência. Assim, Alexa teria o dinheiro para pagar a hipoteca e Nick poderia ficar com as ações da empresa. 

Contudo, o que veio a demonstrar-se é que as coisas não se ficariam apenas pela conveniência. Apesar dos os sentimentos de ambos um pelo outro terem proporções bastante fortes, nenhum dos dois dava o braço a torcer.

Desde o primeiro capítulos que percebemos que Alexa é uma típica jovem que acredita nos contos de fados e que tem uma visão muito perfeita do homem que quer para si. Por outro lado, Nick é exatamente o contrário. Este espera que a sua esposa apenas lhe faça companhia e pouco mais, nada de amor e sentimentos poderiam estar envolvidos na sua relação.

Nick foi a personagens que, a meu ver, mais crescer ao longo do livro. Apesar de estar completamente alheio àquilo que um casamento envolveria, aprendeu a dar valor às pequenas coisas que Alexa fazia por ele. Mesmo que isso o fizesse sentir vulnerável, decidiu dar uma oportunidade a tudo aquilo que poderia estar para vir. E é engraçado ver que, mesmo quando as coisas parecem perdidas, há sempre esperança mesmo para aqueles que parecem estar mergulhados na escuridão do próprio mundo.

Este é um daqueles livros que não me importaria nada de ler novamente! Foi uma leitura leve e bastante cativante! Apenas gostaria de ter visto um pouco mais de desenvolvimento ao nível da relação de Nick e Alexa e também a nível pessoal de ambos. Mas não deixou de ler um livro muito bom! Mal posso esperar por ler o segundo! 

Rating: 4/5

Sem comentários:

Enviar um comentário