quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Opinião: "O Oceano no Fim do Caminho" - Neil Gaiman

Título: O Oceano no Fim do Caminho
Autor: Neil Gaiman
Editora: Editorial Presença
ISBN: 9789722351997
Páginas: 184
Sinopse: Este livro é tanto um conto fantástico como um livro sobre a memória e o modo como ela nos afeta ao longo do tempo. A história é narrada por um adulto que, por ocasião de um funeral, regressa ao local onde vivera na infância, numa zona rural de Inglaterra, e revive o tempo em que era um rapazinho de sete anos. As imagens que guardara dentro de si transfiguram-se na recordação de algo que teria acontecido naquele cenário, misturando imagens felizes com os seus medos mais profundos, quando um mineiro sul-africano rouba o Mini do pai do narrador e se suicida no banco de trás. Esta belíssima e inquietante fábula revela a singular capacidade de Neil Gaiman para recriar uma mitologia moderna.

Opinião (contém spoilers):
Este foi um daqueles livros cuja opinião foi difícil de formular. Existem aspetos até bastante interessantes que deram uma essência diferente à narrativa, mas há outros que só me fizeram ficar frustrada com o que estava a ler. Este foi o primeiro livro que li do Neil Gaiman e a verdade é que estava à espera de algo diferente e mais cativante.

Com este livro, Gaiman contou uma história de fantasia narrada por um jovem de 7 anos que, sendo típico da idade, era uma criança egoísta e bastante egocêntrica, com uma mistura de inocência. Este traz para o seu mundo uma criatura má, chamada de Ursula, que queria tomar conta da propriedade dos pais do pequeno e das restantes da zona. Mas, quando o rapaz se apercebe da maldade de Ursula, tenta fazer de tudo para a levar de volta ao seu mundo. E é aqui que entra a sua amiga, neta de uma senhora podera em termos "espirituais" que os irá ajudar a terminar com a presença de Ursula.

É vísivel o esforço do autor em desenvolver nesta história algumas questões predominantes da vida, tanto da amizade como da infidelidade. Mas, se por um lado a história parece algo infantil; por outro, há questões que chegam a ser complexas para os mais pequenos. Por isso, eis a razão de eu dizer que este livro tem as suas contradições.

De uma visão geral, a história até é agradável e a forma como o autor é capaz de nos transportar para este novo mundo de fantasia é fantástica. São várias as criaturas apresentadas ao longo da história mas, no final, fiquei sem perceber realmente qual o objetivo da história.

Rating: 3/5

Sem comentários:

Enviar um comentário