segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Opinião: "O Domador de Leões" - Camilla Läckberg

Título: O Domador de Leões (Fjällbacka #9)
Autor: Camilla Läckberg
Editora: Dom Quixote
ISBN: 9789722060271
Páginas: 424
Sinopse: É janeiro e um manto de neve cobre Fjällbacka. Uma adolescente seminua sai do gélido bosque a cambalear, e atravessa a estrada. O carro aparece do nada e o condutor não consegue travar a tempo de evitar a tragédia. Quando Patrik Hedström e a sua equipa são alertados para o acidente, já o corpo da rapariga tinha sido identificado. Era Victoria Hallberg, que desaparecera quatro meses antes, quando regressava a casa depois de uma aula na escola de equitação. A Polícia apercebe-se de que aquele terrível acidente foi o melhor que podia ter acontecido a Victoria. O seu corpo evidencia sinais de ter sofrido atrocidades inimagináveis e tudo leva a crer que não será a única vítima. Enquanto isso, Erica Falk investiga o trágico passado de uma família ligada ao circo, o que a leva por diversas vezes a um estabelecimento prisional para visitar Laila, uma mulher acusada de ter matado o marido. Mas não consegue desvendar o que realmente se passou naquele longínquo dia fatídico. O que estará Laila a esconder? Para onde foram os dois filhos depois da tragédia? Erica desconfia de que há em toda aquela história algo que não se encaixa. E que o passado estende os seus longos braços para vir ensombrar o presente.

Opinião (contém spoilers):
Quando um autora consegue juntar mistério, crime e suspense tudo num mesmo livro, o resultado só poderia ser um: um thriller fantástico que eu não poderia deixar de ler! Porque quem me conhece sabeque não resisto a um bom thriller! Este é o primeiro livro que leio de Camilla Läckberg e escusado será dizer que adorei aquilo que li. É aquele típico livro que me prende e cativa durante a sua leitura por horas a fio. Talvez seja um pouco suspeita por gostar de tudo o que sejam thrillers, mas este foi qualquer coisa de diferente!

Neste livro, Camilla trouxe um caso diferente, onde o sinistro e o macabro se juntam e a combinação de ambos é perfeita. Apesar de ainda não ter lido os anteriores livros da série, este surpreendeu-me de tal forma pela positiva que irei com certeza ler os restantes.

Desde o início, Camilla relata-nos um caso que está a atormentar Fjällbacka: várias adolescentes têm vindo a desaparecer sem deixar qualquer rasto. Contudo, um dia uma delas - Victoria - aparece uma floresta a caminhar pela neve quando é atropelada. Esta acaba por morrer sem que posse possível a polícia recolher qualquer informação que os pudesse ajudar a desvendar o caso. Contudo, haviam certos sinais em Victoria que transmitiram o horror da história. Quem quer que estava por detrás daquela situação, estava a transformar as raparigas em bonecas vivas, privando-as dos sentidos da visão, audição e paladar/fala. E é a partir daqui que conseguem desvendar mais pistas.

Por outro lado, a autora também nos vai contando aos poucos a história de Laila, uma prisionária que viveu na própria pele os horrores de ver a sua filha tornar-se em algo que a horrorizava. E apesar disso, tentava viver a sua vida sem levantar suspeitas. Mas houve um momento em que isso deixou de ser possível.

A forma como a autora é capaz de ir intercalando o horror dos casos de rapto com o passado de Laila e as vidas pessoais do pessoal da polícia, torna o livro mais leve. Mas não deixa de o tornar cativante! Para além disso, a forma como a autora vai contando a história com os factos tão faseados pelos diversos capítulos é fantástica! E nunca deixa de surpreender mesmo até à última linha do último capítulo!

Neste thriller, a crueldade humana é transmitida de uma forma tão real que me deixou arrepiada em certas situações. Mas é isso que me faz gostar tanto deste género de narrativas! E claro que não poderia deixar de ser, é um livro que recomendo a qualquer pessoa que goste do género ou mesmo aquelas que gostariam de algo diferente e contagiante!

Rating: 5/5

Leitura com o apoio

Sem comentários:

Enviar um comentário