quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Opinião: "A Lâmina na Alma" - Guy Gavriel Kay

Título: A Lâmina na Alma (Tigana #1)
Autor: Guy Gavriel Kay
Editora: Saída de Emergência
ISBN: 9789896376055
Páginas: 320
Sinopse: Tigana é uma obra rara e encantadora onde mito e magia se tornam reais e entram nas nossas vidas. Esta é a história de uma nação oprimida que luta para ser livre depois de cair nas mãos de conquistadores implacáveis. É a história de um povo tão amaldiçoado pelas negras feitiçarias do rei Brandin que o próprio nome da sua bela terra não pode ser lembrado ou pronunciado. Mas anos após a devastação da sua capital, um pequeno grupo de sobreviventes, liderado pelo príncipe Alessan, inicia uma cruzada perigosa para destronar os reis despóticos que governam a Península da Palma, numa tentativa recuperar um nome banido: Tigana. Num mundo ricamente detalhado, onde impera a violência das paixões, este épico sublime sobre um povo determinado em alcançar os seus sonhos mudou para sempre as fronteiras da fantasia.

Opinião (contém spoilers):
Este é o primeiro trabalho de Guy Gavriel Kay que tenho a oportunidade de ler e foi uma agradável surpresa a qualidade da sua escrita! A forma como é capaz de nos transportar para a sua história e para o seu mundo é de tal forma forte, que fui incapaz de largar este livro depois de lhe ter pegado!

A narrativa desenrola-se em torno de uma terra esquecida pelos seus antecedentes violentos - Tigana. Para além desse seu histórico, Tigana está sob a influência de Brandin de Ygrath, um tirano. Tigana tem sido vista como um nome que não deveria ser pronunciado por quem quer que fosse devido ao mito que a assombra. Contudo, um grupo de jovens decide juntar-se e partir em direção a Tigana para tentar recuperar o seu bom nome.

Apesar de no início ter demorado algum tempo a entrar e a perceber do que se tratava a história, depois dos primeiros capítulos a narrativa torna-se de tal forma fluída e cativante que aquelas primeiras páginas valeram totalmente a pena! Toda a descrição inicial é essencial para a apresentação das personagens que acompanham a história.

A narrativa tem características poderosas e a forma como o autor consegue focar aspetos como o amor à família, a vingança e o esquecimento, torna-a verdadeiramente rica! À medida que se avança pelos capítulos, o enredo torna-se mais denso mas também mais cativante e eu só queria ler mais e mais páginas!

Apesar de as personagens parecerem um tanto complexas de início, há medida que a história vai avançando, elas vão sendo descobertas aos pouquinhos. E são estas pequenas coisas que me cativaram bastante nesta obra, o facto de o autor dar informações curtas só me fez querer ler mais e mais!

Já há bastante tempo que ouvia falar deste livro e finalmente dei-lhe uma oportunidade. É um dos melhores livros que li nos últimos tempos e com certeza que o recomendaria a qualquer pessoa que goste do género ou não.

Rating: 4/5

Leitura com o apoio da editora Saída de Emergência

Sem comentários:

Enviar um comentário