sexta-feira, 29 de abril de 2016

Opinião: "Nirvana" - J. R. Stewart

Título: Nirvana (Nirvana #1)
Autor: J. R. Stewart
Editora: Blue Moon
ISBN: 9780993639777
Páginas: 186
Sinopse: When the real world is emptied of all that you love, how can you keep yourself from dependence on the virtual? Animal activist and punk rock star Larissa Kenders lives in a dystopian world where the real and the virtual intermingle. After the disappearance of her soulmate, Andrew, Kenders finds solace by escaping to Nirvana, a virtual world controlled by Hexagon. In Nirvana, anyone’s deepest desires may be realized - even visits with Andrew. Although Kenders knows that this version of Andrew is virtual, when he asks for her assistance revealing Hexagon’s dark secret, she cannot help but comply. Soon after, Kenders and her closest allies find themselves in a battle with Hexagon, the very institution they have been taught to trust. After uncovering much more than she expected, Kenders’ biggest challenge is determining what is real – and what is virtual. Nirvana is a fast-paced, page-turning young adult novel combining elements of science fiction, mystery, and romance. Part of a trilogy, this book introduces readers to a young woman who refuses to give up on the man she loves, even if it means taking on an entire government to do so.

Opinião (contém spoilers):
Depois de as abelhas terem acabado por se extinguir, a vida na terra começa a desaparecer e nada será igual ao que era. Como alternativa, Hexagon consegue criar um mundo alternativo através de tecnologia onde apenas as pessoas ricas conseguem entrar. Todas elas devem passar algum tempo nesse novo mundo, de nome Nirvana, onde o objetivo será relaxarem e reviverem bons momentos. Contudo, há um aspeto que lhes é desconhecido: tudo está a ser gravado.

Larissa Kenders é uma jovem mulher, ativista defensora dos animais e cantora de uma banda punk através da qual transmitia a sua mensagem e os seus ideais. E é num dos concertos que Larissa acaba por conhecer o seu atual noivo, Andrew.

Andrew é experiente na área da tecnologia, sendo ele que cria todas as fantásticas realidades que podem ser vividas em Nirvana. Contudo, Andrew decide fazer algumas pesquisas sem o conhecimento da Hexagon e acaba por fazer descobertas que colocam em risco a sua vida.

Pouco depois de Larissa se ter apercebido de que alguma estava errada com Andrew, esta recebe uma notícia que a deixa sem chão: Andrew estava morto. A única forma de contactar com este é através do mundo virtual Nirvana e das memórias que tem de ambos. Mas será que em Nirvana, Andrew é apenas um holograma ou é ele próprio?

Larissa é inteligente e percebe a forma de trabalhar de Hexagon. Apesar das muitas questões que tem acerca da morte de Andrew, ela não desiste de procurar respostas mesmo sabendo que pode estar em perigo.

Apesar de não ler muitos livros de ficção científica, este foi um dos poucos que me prendeu à leitura. A introdução da história é simples mas bastante objetiva e as personagens também são apresentadas de forma coerente.

Contudo, o facto de haver uma realidade virtual, por vezes complicou um bocadinho a compreensão da história porque ficava sem perceber se o que estava a acontecer era realidade ou não. No entanto, à medida que fui avançando na leitura, o rumo da narrativa tornou-se mais claro.

Para os amantes do género, este seria um livro que recomendaria e estou já há espera do próximo!

Rating: 4/5

Leitura com apoio da editora via Netgalley:

Sem comentários:

Enviar um comentário