quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Opinião: "O Diário de Arianna" - Ana Luísa Matos

Título: O Diário de Arianna (Four Elements #1)
Autor: Ana Luísa Matos
Editora: Chiado Editora
ISBN: 9789895124695
Páginas: 442
Sinopse: E se num só dia tudo o que conhecêssemos como normal se alterasse? Se toda a ficção que conhecemos dos livros se misturasse com a realidade? Serena Moon e as suas três amigas são raparigas comuns, cujas preocupações se centram na escola e nos típicos problemas do fim da juventude. Contudo, tudo muda quando aparições divinas, poderes sobrenaturais e seres feitos de lama definem um novo rumo nas suas vidas. Confrontadas com uma estranha realidade, as jovens cépticas descobrem ser as reencarnações de antigas Princesas­ Guerreiras dos quatro elementos, regentes de um mundo há muito perdido. Lutando contra uma poderosa inimiga do passado e buscando o misterioso objecto que esta tanto ambiciona, as jovens deparam-­se com um curioso diário que desvenda segredos sombrios há muito enterrados. Este encerra uma derradeira profecia que dita um trágico destino, todavia escasseiam as pistas sobre o objecto e a sua enigmática localização, levando as jovens para perigosas e surreais aventuras. É urgente encontrar esse malfadado objecto, mas como encontrá-­lo se as jovens desconhecem do que se trata? Sonhando com a sua vida passada enquanto Princesa da Água, Serena vê-­se dividida entre um amor fresco e libertador que a enche de felicidade e um outro quente e misterioso que a desencaminha sedutoramente. Porém, quem será o desaparecido Príncipe da Água, para si designado pelos Deuses? Um enorme e envolvente mundo onde o romance e a acção estão presentes em cada página, onde a comédia delicia o leitor e o suspense devora o fã. Four Elements chega até nós como um sonho tornado realidade.

Opinião (contém spoilers):
Este é o primeiro livro que leio desta autora, mas a verdade é que fiquei rendida! Uma escrita inteligente, personagens com personalidades bastante fortes e um enredo que não deixou nada a desejar! Apesar de considerar que alguns pontos da narrativa se assemelham bastante a Sailormoon (que eu adoro!), a autora soube como tornar a sua história diferente.

Neste primeiro volume da saga Four Elements, Serena e as suas três amigas adquirem poderes em que, cada uma delas, consegue controlar um dos quatro elementos da natureza. Mais tarde, tomam conhecimento de que, em tempos, estas foram quatro princesas; cada uma delas de um Mundo diferente (do ar, da água, da terra e do fogo). Com a chegada dos seus respetivos mentores (que em tempo foram os seus guerreiros e protetores), estes treinam-nas para melhor conseguirem controlar os poderes que, até então, desconheciam. À medida que o tempo passa, as quatro raparigas apercebem-se de que o Mundo está em perigo e, por isso, terão de lutar contra os culpados.

Entre treinos, poderes e novas revelações, Serena vê-se envolvida num triângulo amoroso. Inicialmente, esta desenvolve sentimentos por James, um amigo do seu irmão mais velho, Seth. No entanto, quando o seu mentor se revela e à medida que os treinos acontecem, esta percebe que despertaram sentimentos que em tempos foram escondidos e calados.

A história está bastante bem pensada e desenvolvida. As personagens têm características que, à sua maneira, cativam o leitor. Para além disso, a pitada de romance que a autora espalhou pelo enredo só torna o livro mais apetecível.

É um livro que se lê num instante: a escrita é bastante fácil e fluída, a narrativa é contada de forma simples e explícita e são dadas respostas às perguntas que possam ter sido deixadas pendentes ao longo dos capítulos.

O livro acabou num momento importante da história, mas isso só me faz querer ler o segundo volume da saga já de seguida. Recomendo!


Rating: 4/5


Leitura com apoio:

Sem comentários:

Enviar um comentário