domingo, 27 de dezembro de 2015

Opinião: "Meu Único Amor" - Cheryl Holt

Título: Meu Único Amor
Autor: Cheryl Holt
Editora: Quinta Essência
ISBN: 9789897261381
Páginas: 392
Sinopse: Um belo desconhecido... um coração destroçado... o amor de uma vida. A jovem Maggie Brown viajou até uma estância balnear, com a esperança de esquecer a dor causada pela recente morte da mãe. Nunca imaginou que a sua agridoce estada a submetesse ao abraço mágico de um misterioso desconhecido, ou que ele apenas lhe deixasse recordações. Contudo, em seguida, por ironia do destino, reuniu-se ao homem que tanto amava - que lhe tinha dado o coração, mas não o seu nome. Para escapar a pressões familiares, o marquês de Belmont disfarçou-se de plebeu a fim de passar umas férias à beira-mar - e perdeu o coração para uma mulher com quem nunca poderia casar. No entanto, determinado a que nenhum outro homem a possuísse, arrastou-a para um amor apaixonado que em breve se transformou em mágoa. Agora, embora receie que possa ser demasiado tarde, jura convencer Maggie de que trocará sem hesitar o seu legado por toda a vida nos braços dela.

Opinião (contém spoilers):
Este é o segundo livro que leio de Cheryl Holt e considero que ambas as histórias têm aspetos em comum. Para além disso, acho a narrativa algo previsível e com descrições algo vulgares.

Quando Maggie e Anne decidem ir de férias durante duas semanas, estas esperavam apenas dias de descanso. No entanto, após conhecerem Adam e James St. Clair, os seus restantes dias de férias tomam outro tom. Dias de romance, paixão e de promessas...

Mas a vida de Maggie toma outro rumo quando Adam St. Clair a toma como sua amante. Aqui, Maggie acreditava numa feliz vida a dois. Contudo, não foi isso que Adam tinha em mente. Entre discussões e desentendimentos, há um acontecimento que faz com que Maggie siga um caminho diferente.

Apesar de uma história bem pensada, considero que não houve uma evolução marcante das personagens (exceto uma) e que o enredo se tornou bastante previsível a partir de um certo momento. Para além disso, algumas das descrições das relações entre Maggie e Adam tornaram-se algo vulgares a partir de um certo ponto.

É um livro que se lê bastante rápido e é bastante simples de compreender a narrativa. Contudo, como já referi, torna-se bastante previsível a partir de certo ponto.


Rating: 3/5

Sem comentários:

Enviar um comentário