quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Opinião: "The Girl With All The Gifts" - M. R. Carey

Título: The Girl With All The Gifts
Autor: M. R. Carey
Editora: Orbit
ISBN: 9780356500157
Páginas: 460 
Sinopse: Melanie é uma menina muito especial. Dr. Caldwell chama-a de "nosso pequeno génio." Todas as manhãs, Melanie espera na sua cela para ser levada para a aula. Quando eles vêm, o sargento Parks tem a sua arma apontada para ela, enquanto outros dois a amarram à cadeira de rodas. Ela acha que eles não gostam dela. Ela diz que não vai morder, mas eles não se riem. Melanie ama a escola. Ela adora aprender sobre ortografia e aritmética e sobre o mundo fora da sala de aula e das células das crianças. Ela diz à sua professora favorita todas as coisas que ela vai fazer quando crescer. Mas ela não sabe por que razão isso faz com que a senhora Justineau fique triste. [Traduzido]

Opinião (contém spoilers):
Eu não conhecia este livro, de todo. Contudo, o título e a sinopse criaram uma certa curiosidade, porque apesar de terem algum significado, não mostraram muito daquilo que o livro tinha para dar.

A narrativa começa com um grupo de crianças que têm aulas numa base militar, longe da população. Melanie, conhecida como o génio do grupo, começa a desenvolver uma relação com a professora, Miss Justineau. Contudo, o que esta não sabia é que tinha à sua frente um grupo de "crianças" zombie.

Toda esta situação deveu-se à propagação de um fungo que, quando se aloja no sistema nervoso central dos indivíduos, deteora-o; fazendo com que estes deixem de ter sentimentos, espírito crítico e adotem comportamentos dignos de zombies. No entanto, aquele grupo de crianças parece ser mais resistente ao fungo, pois não apresentam certas características. Deste modo, Calwell investiga as razões para esse acontecimento através da dissecação dos cérebros dessas crianças. Contudo, a base é invadida e todos tentam fugir.

Vagueando pelas ruas, Melanie, Miss Justineau, Caldwell e dois sargentos tentam encontrar abrigo; enquando Caldwell continua sempre atenta em busca de respostas. É então, nos últimos capítulos do livro, que esta faz uma descoberta incrível que traz uma reviravolta inesperada à história!

Foi realmente um livro que me cativou. Apesar de a primeira metade do livro se desenvolver algo devagar, depois a história começa a ter elementos bastante interessantes que nos impede de parar.

É uma história inesperada e algo arrepiante. Mas, apesar de tudo, consegue cativar o leitor.

"E depois, tal como Pandora, abre a grande caixa do mundo e não tenhas medo, nem mesmo se o que está dentro é bom ou mau. Porque é ambos. Tudo é sempre ambos. Mas tens de abri-la para descobrir."


Rating: 4/5

Sem comentários:

Enviar um comentário