segunda-feira, 30 de março de 2015

Opinião: "O Retrato de Rose Madder" - Stephen King

Título: O Retrato de Rose Madder
Autor: Stephen King
Editora: Bertrand Editora
ISBN: 9789722516495
Páginas: 496
Sinopse: Ao fim de 14 anos de um casamento terrível Rose Daniels resolve fugir de casa. Refugia-se numa pequena cidade mas continua a viver aterrorizada com a possibilidade do marido a encontrar, pois é um investigador persistente além de ter uma louca obcessão por Rose, tornando-o um monstro de crueldade quase mítico. Para escapar a esse poder quase mítico Rose terá de compactuar e transformar-se numa mullher que nunca desejou ser: Rose Madder.

Opinião (contém spoilers):
Apesar de a sinopse e de os primeiros capítulos do livro me terem cativado imenso, considero que o livro foi perdendo intensidade e interesse à medida que a história ia avançando. Talvez devido ao facto de o autor ter começado com uma história real - a história de Rosie que é vítima de violência doméstica já há vários anos e decide fugir de casa - e de ter evoluído para uma vertente sobrenatural, a meu ver, um pouco forçada e sem sentido de ser. Provavelmente, devido ao facto de o termo "sobrenatural", para mim, não estar relacionado com as personagens entrarem num quadro que aparenta crescer todos os dias e, com isso, conseguirem fazer coisas que nunca pensarem vir a fazer. Claro que para aqueles que estão habituados à forma de pensar e de escrever do Stephen, talvez seja mais fácil gostarem do enredo. No entanto, sendo este o primeiro livro que leio deste autor, talvez não seja a meu tipo de leitura favorito. Acho que, se o autor tivesse levado a história por outro caminho, o livro iria ganhar muito mais.

Rating: 2/5

Sem comentários:

Enviar um comentário