sábado, 21 de março de 2015

Opinião: "Antes de Adormecer" - S. J. Watson

Título: Antes de Adormecer
Autor: S. J. Watson
Editora: Civilização Editora
ISBN: 9789722633178
Páginas: 344
Sinopse: «Durante o sono, a minha mente apagará tudo o que fiz hoje. Amanhã acordarei como acordei hoje de manhã. A pensar que ainda sou uma criança. A pensar que tenho toda uma vida de escolhas pela frente…» As memórias definem-nos. O que acontece se perdemos as nossas memórias cada vez que adormecermos? O nosso nome, a nossa identidade, o nosso passado, até mesmo as pessoas de quem gostamos - tudo perdido numa noite. E a única pessoa em quem confiamos poderá estar a contar-nos apenas metade da história. Bem-vindos à vida de Christine.


Opinião (contém spoilers):
Devo dizer que fiquei bastante curiosa relativamente a este livro quando li a sinopse, pela primeira vez. Contudo, considerei ser um pouco parecido ao estilo de Gone Girl (Em Parte Incerta) da Gillian Flynn. No entanto, apesar desse aspeto, não deixei de o ler. A escrita do autor permite que a leitura seja fluída e de simples compreensão. O enredo é bastante simples, com um nº de personagens reduzido, o que permite que não hajam fugas do "caminho" a seguir durante a história, o que a tornou bastante objetiva. O livro conta a história de Christine que, quando acorda, não tem memória do que se passou nos dias anteriores. Esta situação deveu-se a um acidente que sofreu quando ainda era uma jovem adulta. Ao longo da história, Christine vai relembrando de alguns pedacinhos da sua vida com a ajuda do seu médico (Dr. Nash) que lhe propõe, através de um diário, escrever sobre o que se passou durante o dia. Assim, todos os dias, Christine poderia ler e saber o que se passou no dia/semana anterior. Contudo, não é só através do diário que Christine recupera partes da sua memória. Ela vai visitando locais da sua infância/adolescência e reencontra uma amiga do liceu que, depois, a acompanha. No entanto, quando Christine começa a descobrir que Ben lhe anda a esconder certos aspetos importantes da sua vida, Christine fica desconfiada e tenta descobrí-los por conta própria. Esta iniciativa por parte da personagem, leva a que Ben tome medidas, porque mais cedo ou mais tarde, ela acabaria por descobrir que Ben era na verdade um outro homem que se apaixonou por ela antes de ter perdido a memória. Este aspeto só é desvendado nos últimos capítulos do livro. Mas, se estivermos atentos a alguns detalhes dados pelo autor ao longo do discurso de Christine e da linguagem corporal de Ben nos primeiros capítulos do livro, poderemos considerar à partida de que algo de errado se passaria com ele. Contudo, apesar de alguns aspetos serem óbvios, considerei o enredo bastante bom e conciso. Para quem gostou do livro "Gone Girl", com certeza irá gostar deste também. Apesar de alguns aspetos serem um bocadinho forçados, faz-nos ficar presos ao livro e querer ler mais e mais capítulos.  

Rating: 4/5

Sem comentários:

Enviar um comentário